Os Meios Honestos de Ganhar Dinheiro

 

 

Os Meios Honestos de Ganhar Dinheiro

Gente Boa!

 

Este é o segundo artigo de uma série chamada “Os Meios Honestos de Ganhar Dinheiro” e nele vamos tratar do segundo jeito mais universal de ganhar dinheiro que é sendo um proprietário, patrão, dono de uma organização.

No primeiro falamos a respeito de trabalhar como colaborador, funcionário, ou empregado.

Esta série vai abordar os principais meios de ganhar dinheiro e também algumas questões diretas e objetivas sobre empreendimentos.

A maioria das pessoas quer ser dona do seu próprio negócio, sem patrão pra encher a paciência, etc...

Pouca gente pensa em empreender de verdade, abrir um negócio de fato, etc... e quem pensa nisso nem sempre sabe como fazê-lo. A partir do quarto artigo desta série vamos detalhar essa e outras questões sobre como empreender, tipos de empreendimento, etc...

objetivos

Objetivos

 

(repetimos aqui parte do texto do primeiro artigo, para que fique claro o quão importante é esse tema)

Tudo começa com a definição de objetivos.

Todos deveriamos ter objetivos. E é preciso alinhar os esforços que fazemos para alcançar esses objetivos.

Quem não tem objetivos, não sabe pra onde vai. É como entrar num elevador e não saber qual botão de andar selecionar...(essa é velha, mas cabe aqui... rsrsrs).

Tudo bem que existem momentos onde é preciso vender o almoço pra comer a janta, inícios de carreiras, inicios de ralacionamentos, etc... mas mesmo nesses casos seria muito bom se você tivesse um planejamento dos objetivos desejados.

Uma de nossas séries vai abordar como elaborar um planejamento, desde os pessoais até os sofisticados, de negócios complexos, etc... Fique atento e não perca pois será muito abrangente e profunda.

A maioria dos objetivos envolve recursos financeiros e se você não nasceu rico ou milionário ou não se casou com alguém rico ou milionário, sinto te dizer que perdeu as duas chances naturais de ter um certo dinheiro.

Mas essa é uma conversinha de boteco e aqui o assunto é mais sério.

Veja só. Objetivos precisam de recursos para serem alcançados, em sua grande maioria.

Tem gente que até tem como objetivo o próprio fato de ganhar dinheiro.

Nada de errado. A questão é só o que fazer com a riqueza. Esse tema será profundamente explorado na série “A Cabala do Dinheiro” que será lançada em breve. Cadastre-se e fique por dentro desse e de outros lançamentos de nossa blogosfera.

Se você deseja abrir um negócio próprio e não tem muita noção de como fazer isso, o primeiro e mais importante passo é a definição de objetivos.

dono do próprio negócio

Ser dono

 

Muita gente acha que é mais fácil ser dono de um negócio do que ser empregado ou colaborador.

Acha que você terá mais tempo pra fazer o que quiser. Que você terá um monte de dinheiro pra viajar, comprar casa, apto, carro, etc...

Isso tudo até pode tornar-se realidade, mas existem alguns poréns.

Em primeiro lugar tudo depende de quanto dinheiro você tem pra investir.

Sim, não existe nenhum negócio sem investimento inicial, por menor que esse seja.

Cada negócio tem a sua exigência e essa exigência tem a ver com os objetivos definidos, mencionados no subtítulo anterior.

E esse investimento não é só dinheiro. É muito tempo de dedicação também.

Se você não tem um dos dois, pense bem antes de começar.

A segunda coisa que a gente tem que ter em mente é se a gente vai depender dos resultados do negócio já de cara ou se a gente tem um tempo, e um bom tempo, pra viver e sobreviver sem os resultados desse negócio.

Se você depende exclusivamente dos resultados tome muito, mas muito cuidado. A maioria dos negócios não dá resultados práticos antes de 6 meses de operação. Alguns demoram mais de ano pra se estabilizar e render aquilo que você precisa.

Se você vai depender do resultado de imediato não entre nessa!

No próximo artigo vamos falar sobre empreender, empreendedorismo, empreendedor e você vai entender melhor a diferença entre esses e os aventureiros.

escolher e cuidar de gente

Tempo

 

Quando você se torna proprietário de um negócio, dono, patrão, você é isso 24 horas por dia, sem domingo, feriado, férias, etc... É sempre. Sempre!

Não importa o tamanho desse empreendimento, você vai ficar ligado o tempo todo.

Você pode estar numa rede, num hotel fazenda, descansando num fim de semana, mas se o telefone toca, e ele vai tocar, você atende de imediato, e dependendo do caso, acabou o passeio.

Há espaço para o descanso? Sim. Há sossego? Sim. Mas depois de um tempo de maturidade do empreendimento. Até lá é correria e ansiedade e a gente tem que estar preparado para lidar com isso e sobreviver para depois viver.

Gente

 

Uma das partes mais complexas de um empreendimento é lidar com gente.

E todo empreendimento precisa de gente. E gente certa no lugar certo, na hora certa.

Não dá pra fazer tudo sozinho. A menos que seu objetivo seja vender côco na praia. Vendeu o côco do dia, pronto, acabou!

Nada de errado com isso, e por conta disso é que os objetivos devem ser definidos de largada. Se sua pegada é a do côco na prais vai em frente.

Agora, mesmo com o côco na praia se você quiser crescer e faturar mais, vai precisar de gente.

Gente pode ser uma grande solução ou um enorme, e bota enorme nisso, de um problema.

Nossa legislação é extremamente paternalista e mesmo com a flexibilização trazida pelas últimas alterações nas leis trabalhistas, o custo de gente é alto.

Por isso é necessário que todo empreendedor saiba escolher as pessoas certas para os cargos certos. Não adianta contratar o sobrinho, o tio, o pai, o primo....isso só dá encrenca maior ainda.

Os grandes administradores, aqueles que fizeram enorme sucesso em suas gestões, que escreveram livros apaixonantes tem um ponto em comum: Souberam montar as equipes de trabalho com as pessoas certas nos cargos certos e disseminaram esse conceito em todos os níveis da organização de modo que a engrenagem do negócio funcionasse como um relógio.

Cadastre-se e fique atento aos materiais que vamos publicar sobre gestão de pessoas pra você poder montar e liderar sua equipe rumo ao sucesso dos negócios.

 

A qualificação profissional

 

Outro ponto fundamental é o quanto você está qualificado para gerir um negócio no nicho de mercado escolhido.

Não adianta dizer que seu avô era bom nisso.

Quem precisa ser “o cão chupando manga” é você!

Você tem que dominar todos os detalhes desse mercado, todo o processo de produção e venda. Entender os desejos e necessidades dos potenciais clientes, entender como os produtos e serviços são disponibilizados no mercado. Descobrir maneiras de inovar em todas as fazes do negócio.

Conheça tudo, antes de começar!

 

 

ajuste de percurso

Mudanças e Ajustes de Percurso

 

Outra questão igualmente fundamental é a sua flexibilidade em adpatar os processos às mudanças que se impões, ou por legislações que se alteram, ou por novidades tecnológicas, ou por imposições mercadológicas.

Os que sobrevivem são os que se adpatam mais rapidamente às mudanças.

E creia, a única coisa certa na vida é a mudança.

Tudo muda. Então nada de viver de lembranças e tradições e não aceitar as novidades, as mudanças.

Lembranças e tradições são positivas, mas não podem ser imperativas.

Fique atento, perceba e até mesmo antecipe as mudanças. Esteja pronto para elas. Adpte o mais rápido possível seus processos e sobreviva com sucesso.

Muita coisa fica obsoleta da noite para o dia.

A tecnologia é cada vez mais rápida em propor novas soluções.

E como dono, proprietário, patrão, você não tem só a você mesmo e sua família para “cuidar” e sim todos os seus colaboradores e suas famílias.

A continuidade com sucesso dos seus negócios influencia diretamente muita gente.

O que fazer? Mudar o percurso.

Existem muitos outros fatores que ocorrem na vida que nos obrigam a mudar de percurso, como o início ou a ruptura de relacionamentos. Por falar nisso nosso site www.mesepareieagora.com trata de muitos tipos de rupturas da vida. Se você passa por algum tipo de ruptura faça uma visita e descubra material, opiniões e sugestões para enfrentar esse momento.

altitude cruzeiro
disputa de mercado
patrão

 

Vôo em altitude de cruzeiro

 

Ok! Chega uma hora que tudo começa a correr bem e de certa forma, automaticamente.

Nesse momento você dá uma descansada, uma relaxada, faz uma viagem, e volta com tudo pra próxima etapa.

Só o foco nos objetivos é capaz de manter o vôo em altitude de cruzeiro.

Perdeu o foco, gasta o recurso em supérfluos, e os objetivos vão ficando longe até que quando se percebe...

Nos momentos de “vacas gordas” a gente se prepara para os momentos de “vacas magras”.

E novamente isso pode e deve ser planejado.

E se você está pensando que somos loucos que podemos prever futuros e planejá-los, não é disso que falamos. O futuro pode ser sim pelo menos parcialmente planejado. Obviamente nem tudo. E é difícil saber o quanto podemos realmente ver de futuro. Mas podemos nos precaver com recursos para situações inoportunas e indesejáveis e não sermos pegos de surpresa.

 

Concorrência

 

Outro ponto importante é ficar de olho na concorrência.

Por pelo menos dois motivos.

Primeiro para não perder espaço pra ela e ser engolido, pois o mercado não é nem tem nada de bonzinho. A não ser que você esteja sozinho no seu nicho de atuação.

Mas sempre aparece alguém pra atazanar a vida da gente, então é bom ficar atento.

Segundo, por que a concorrência pode ser melhor que você na percepção das tendências e novidades do mercado e você não vair querer e nem pode ficar pra tras, não é mesmo?

Todo negócio tem que decidir se será pioneiro ou seguidor.

Pioneiro é o que traz a novidade, que chega primeiro, e com isso aproveita um momento de margens maiores, onde a concorrência não existe ou é insignificante.

Seguidor é o tipo de negócio que não cria nada, “só copia”, e aproveita pra fazer isso só com o que tá dando certo. Não investe em pesquisa e desenvolvimento, mas também não aproveita momentos de grandes margens, ficando e atuando já num mercado onde o preço é que dita a regra e não o valor do produto.

Não sabe a diferença entre preço e valor?

Não perca a série sobre elaboração de planos de negócios onde trataremos desses conceitos e de muitos outros em profundidade. Cadastre-se e receba em primeira mão esse tipo de informação.

 

Concluindo

 

Então esse é o outro grande jeito de ganhar dinheiro honestamente. Cabe a você administrá-lo para alcançar seus objetivos.

Em nossa blogosfera você encontrará muito material em forma de artigos, produtos e serviços para te ajudar no desenvolvimento pessoal e profissional, e na gestão desse teu negócio.

Também teremos em breve o lançamento de uma Suíte de Softwares de Gestão para pessoas físicas e para pessoas jurídicas, onde você poderá contar com muita inteligência aplicada para facilitar a Gestão Estratégica de seus empreendimentos, começando com você mesmo.

Cadastre-se e fique sabendo quando esses produtos estarão disponíveis. Algumas versões desses produtos serão gratuítas, portanto não deixe de aproveitar.

 

 

tecnologia

 

Você é um Proprietário, Patrão ou Dono de um negócio?

Esse é um trabalho honesto!

Sucesso

 

No próximo capítulo: Um Empreendedor.

 

 

Além disso quando você se cadastrar abaixo, terá acesso a livros digitais também gratuitos.

Receba nossa correspondência com as novidades da nossa blogosfera. São muitas alternativas para todos os gostos.

Verifique essas alternativas todas conforme seu gosto. É só clicar!

Cadastre-se e curta!

Por hoje é só!

Um Excelente viver pra você!!

Marcus e Mel

MVE Produções

P.S.:

Gostou?

Compartilhe este artigo com seus amigos.

What do you think?

Note: Your email address will not be published

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Frases FamosasPara Ouvir