Custos, Despesas e Investimentos

 

 

Gente Boa!

 

Este é o primeiro artigo de uma série chamada “Investimentos e Finanças Pessoais” e nele vamos tratar dos conceitos básicos para que a gestão do seu bolso seja efetiva, prática e direta.

 

Cuidar do Bolso

 

 

Cuidar do seu bolso é uma das tarefas fundamentais para o equilíbrio da vida como um todo.

Vamos lá! Ficar sem dinheiro ou com muitas dívidas é uma situação muito ruim!

Já quando o dinheiro sobra, deixá-lo parado é o mesmo que perdê-lo, ou pelo menos diminuir o tamanho dele e convenhamos que investir em poupança já era há muito tempo, pois ela nem mesmo repõe a desvalorização natural do dinheiro.

Nesta série vamos abordar todas essas questões, porém com o foco nas Finanças Pessoais. Haverá uma outra série que tratará do mesmo assunto com foco em Negócios, pequenos, médios e grandes.

Agora os conceitos são os mesmos e neste artigo introdutório vamos abordar as definições e alguns esclarecimentos pra você colocar seus olhos no ponto certo, seja para economizar e equilibrar seu orçamento, seja para aplicar melhor as sobras financeiras.

Então vamos nessa!

custos

Custos

Uma das grandes complicações na gestão financeira é diferenciar custos, despesas e investimentos.

Custos são considerados os valores que você consome em função da produção de bens e serviços.

Opa! A gente não ia falar de finanças pessoais?

Então, precisamos saber que nosso bolso é como um pequeno negócio.

Tem processos produtivos.

Você toma café da manhã, almoça, janta, troca de roupa, lava roupas, cuida da louça, cuida dos estoques de alimentos, limpa a casa onde mora, cuida dos estoques de produtos de limpeza, etc...

Viu só? São processos de produção de Bens (os reultados materiais que você colhe no dia a dia) e Serviços ( limpeza, lavação, a produção de pratos e bebidas,...). E talvez você não execute pessoalmente as terefas produtivas, você as contrata de terceiros, tomando café no boteco, almoçando no kilo, contratando a Dona Ajudante para fazer a limpeza, levando as roupas na labanderia....

Tanto faz o jeito. O fato é que são processos dos quais você dificilmente pode abrir mão. Então o que você consome com eles é considerado Custo.

despesas

Despesas

Já as despesas são os recursos que você consome e que não pode dizer que são deste ou daquele processo, como Aluguel, Energia Elétrica, Telefonia, Internet,....

Voce dispende recursos com esses elementos tendo ou não executado algum processo do dia a dia. Você pode até parar de comer, mas tem que pagar o aluguel. Você pode parar de lavar roupa em casa mas a conta da telefonia / internet vem de qualquer jeito.

Percebeu a diferença?

Agora lembre-se sempre:

Custos e Despesas devem ser minimizados sempre. No próximo artigo vamos explicar melhor esse aspecto do controle financeiro.

Se você não tomar cuidado, esses dois elementos consomem tudo o que você tem de receita.

investimento

Investimentos

Agora preste bem atenção. Investimento não é só o dinheirinho que sobra e você põe no banco pra render alguma coisa.

Investimento é todo recurso que você coloca num projeto que tenha a possibilidade de trazer o dinheiro de volta com algum tipo de vantagem.

Veja um exemplo básico. Se sua geladeira é bem antiga, ela provavelmente gasta um monte de recursos em energia elétrica. Se você fiz a conta vai perceber que tracar a danada da geladeira velha por uma novinha em folha, além das tecnologias que foram incorporadas dirante esse tempo todo, a nova gasta muito menos energia. O que vai acontecer é que durante um tempo o valor menor em energia que você gastará, recuperará o valor “investido”, e depois desse tempo trará um ganho em relação a esse valor, ajudando no equilíbrio financeiro ou no aumento das sobras.

O que fazer com o dinheiro que sobra também é uma questão de investimentos, mas vamos falar nisso daqui a pouco.

Agora qualquer equipamento que facilita algum processo de sua vida, é também um investimento e traz retorno, às vezes não financeiro, mas de prática da vida. Como?

De novo com a geladeira. Se você não tiver uma, como você vai guardar alguns alimentos perecíveis? Um exemplo absurdo seria tomar um copo de leite pela manhã e jogar o resto do litro fora por que não onde guardá-lo.

Sem contar o fato de que terá que ir ao mercado todo dia.

Quando a maioria de nós morava no campo e comia o que colhia, essa questão era menor. Mesmo assim era e é necessário locais de estocagem, pois nem tudo dá o ano todo.

Nesse caso você pode até fazer um montão de cálculos pra justificar o investimento, como o valor do que você teria que jogar fora, etc...

Então investimento é todo recurso consumido em equipamentos e serviços que tragam retorno, seja esse retorno financeiro ou de facilitação da vida e de seus processos, mesmo que esse retorno seja de difícil mensuração.

dinheiro

Receitas

Receitas são todos os recursos que entram em sua conta bancária, ou diretamente no seu bolso.

Sejam fruto de trabalhos realizados ou de retornos de investimentos. Por falar nisso temos uma série sobre os meios honestos de se ganhar dinheiro, dá uma olhadinha lá e acompanhe.

Ao contrário dos custos e despesas, as receitas devem ser aumentadas sempre. O máximo possível. Até ficar rico, muito rico? Sim, mas cuidado com a riqueza por que ela tem muitos aspectos e para que ela seja uma boa riqueza existem alguns padrões a serem observados. (Temos uma série sobre a Cabala do Dinheiro que será lançada em breve, e se você quer ficar rico é bom saber antes dessas questões, cadastre-se e receba de antemão todos os lançamentos em artigos, produtos e serviços aqui do site).

Quanto aos investimentos, teremos no quinto artigo desta série uma explicação melhor dos tipos e opções no mercado, para pessoas físicas e ajudando você a definir qual é de fato o seu perfil e sua situação.

O que podemos dizer pra você de largada é que não deixe seu dinheiro na poupança. Você está perdendo dinheiro se fizer isso. Se você não tem nenhuma outra alternativa, espere um pouquinho até chegar o quinto artigo. Se tem vai já no banco e põe o dinheiro em outro tipo de investimento.

E quanto ao aumento de receita, veja nossos artigos no site SóMenteEu, sobre desenvolvimento pessoal e profissional, definindo como você deseja se posicionar na vida, especialmente em relação ao trabalho que é a principal fonte de renda que se pode ter, seja sendo empregado, colaborador ou funcionário, seja sendo patrão ou dono.

 

No próximo: “O que a unha tem a ver com custos”

PS. Aqui no site temos um curso para te indicar chamado “As 5 Etapas do Planejamento Financeiro”, montado pelo professor Elisson de Andrade, que cuida de todos os detalhes e desmistifica essa questão de Controlar sua finanças pessoais.

 

 

Além disso quando você se cadastrar abaixo, terá acesso a livros digitais também gratuitos.

Receba nossa correspondência com as novidades da nossa blogosfera. São muitas alternativas para todos os gostos.

Verifique essas alternativas todas conforme seu gosto. É só clicar!

Cadastre-se e curta!

Por hoje é só!

Um Excelente viver pra você!!

Marcus e Mel

MVE Produções

P.S.:

Gostou?

Compartilhe este artigo com seus amigos.

What do you think?

Note: Your email address will not be published

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Frases FamosasPara Ouvir